Livro: Passarinha - Kathryn Erkine*

Bom dia!
Como vão? 
Outro dia disse que estaria trazendo alguns post's do meu antigo blog, Paixão Literária e Afins, para cá. Vou colocar uma observação em todos que trouxer para cá e também explicarei no post. 

Hoje quero compartilhar uma resenha de um livro que li em 2015, a resenha foi feita em setembro de 2015 lá no blog. Vejam abaixo:


Livro: Passarinha

Autor: Kathryn Erkine 
Gênero: Ficção/Juvenil
Editora: Valentina
Ano: 2010
Páginas: 224 

Sinopse: 

Passarinha - No mundo de Caitlin tudo é preto ou branco. As coisas são boas ou más. Qualquer coisa no meio do caminho é confuso. Essa é a máxima que o irmão mais velho de Caitlin sempre repetiu. Mas agora Devon está morto e o pai não está ajudando em nada. Caitlin quer acabar com isso, mas como uma menina de onze anos de idade, com síndrome de Asperger ela não sabe como. Quando ela lê a definição de encerramento ela percebe que é o que ela precisa. Em sua busca por ele, Caitlin descobre que nem tudo é preto ou branco, o mundo está cheio de cores, confuso e bonito.



Resenha: 
Gente antes de tudo, esse livro é muito lindo, sou apaixonada com a capa dele. Vamos dizer que fiz muitas marcações nele, sendo exata, 37 post-its usados.
Personagem principal: A Caitlin é uma menina nova. O livro é narrado por ela. Sabe aquelas tags que pergunta "um personagem que se existisse você queria ter como amigo" ela é uma que queria muito ser amiga. Alem de aprender muitas coisas com ela, seria ótimo poder conversar com ela. Ela é uma menina bem sincera e sem limites( não de uma forma negativa)
Passarinha é um livro cheio de emoção e sinceridade, e ao mesmo tempo, muito triste. Porque através da história percebemos como é a mente de uma criança com uma síndrome, ver como o pai lida com isso e com a perda que ele teve. Simplesmente é lindo como a Caitlin lida com algumas coisas. 
O livro é escrito de uma forma tão engraçada, há pouquíssimas virgulas (mesmo).
Vamos algumas marcações que gostei muito:
"Parentes que a gente mal via quando Devon estava aqui estão como eles podem ajudar?" (pag.15)
"Tento pensar numa resposta diferente de não sei porque Devon diz que as pessoas não gostam muito de não sei[...]" (pag.23)
"Livros não são como pessoas. Livros são seguros."(pag.42)
"Como pode existir alguma palavra mais especial que coração?" (pag.67)
"Fazer uma coisa com tato e habilidade ao lidar com uma situação difícil." (pag.90)
"Os olhos são as janelas da alma, diz o Sr. Walters. Quando você olha dentro dos olhos de alguém pode ver muito sobre a pessoa." (pag.138)
São tantas marcações gente, mais estas ai são algumas. Minha avaliação para o livro no Skoob foi de  cinco estrelinhas e um lugar nos favoritos *-*

( * )Postagens do meu antigo Blog

P.S.: É preciso conhecer e entender as diferenças! 

Share this:

Join Conversas

    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário